wallpaper outubro.2008!

On September 24, 2008 by miki

o primeiro pensamento que nos ocorre, quando falamos em generosidade, é aquele que diz respeito a poder proporcionar – geralmente a quem pode menos que a gente – algo material: seja dinheiro, alimento, um brinquedo ou bem de consumo.

mas será mesmo que a generosidade verdadeira mora apenas aí? eu, particularmente, suspeito que não. na minha opinião, a Generosidade está relacionada, em primeiro lugar, a algo em que você acredita lá no fundinho do seu eu. talvez pudéssemos chamar de “atitude”, se essa palavra não estivesse tão desgastada e banalizada nos dias de hoje. então, prefiro dizer que, antes de tudo, ela é algo em que você acredita e, porque você acredita, ela vai permear o seu quotidiano, naturalmente.

eu acho que a generosidade pode ser cultivada assim:

~ sorrindo quando falamos com alguém.

~ sendo especialmente gentis com aqueles que estão mais próximos de nós, pois é com eles que, geralmente, temos menos paciência – em todos os sentidos.

~ lembrando que as pessoas que servem a gente (como um garçom, um lixeiro, uma faxineira ou um segurança) podem ter uma origem mais humilde, mas merecem ser tratadas com respeito e dignidade como qualquer outra pessoa. eles não são paisagem, nem tampouco mobília ou algo invísivel…

~ poupando o mundo para as gerações futuras.

~ doando, mas não necessariamente bens materiais: se somos bom em algo, talvez possamos doar uma parte em carinho, atenção, conhecimento, trabalho para alguma instituição ou comunidade que não saiba como fazer isso.

~ tentando entender o ponto-de-vista das outras pessoas. isso não significa que necessariamente precisamos ter a mesma opinião que ela!

doar apenas bens materiais é um começo, um primeiro passo, mas tem pouco sentido se, lá no fundo, a gente não acreditar no outro. se a doação for só para nós mesmos nos sentirmos melhores ou menos culpados, será que ela realmente vai ajudar a quem precisa?

se você tem outras sugestões de como cultivar a generosidade, pode deixar um comentário aí embaixo ou me mandar um email que terei prazer em colocar aqui (com os devidos créditos, claro!).

***

Agora, é só escolher língua e resolução e divertir-se!

Se quiser saber mais sobre o(a) Tampopo, a estrela do wallpaper de outubro, confira o seu card!


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *