Volver

On November 19, 2006 by miki

Ontem, fui ver o filme Volver de Pedro Almodóvar.

Eu não tinha lido absolutamente nada sobre o filme, nem mesmo a resenha. Tudo o que eu tinha visto eram algumas fotos – que me encantaram por sinal – e fiquei pensando que a fotografia do filme devia ser muito boa. E realmente era. Adorei o forte colorido que povoa a tela, seja nos figurinos, nos alimentos que Raimunda manipula ou nos enfeites que Paula pendura para enfeitar o restaurante.


De uma maneira geral, gostei do filme, mas, confesso que, até a metade, estava achando tudo bastante surreal e um tanto confuso.

Parte da trama se passa em um pequeno povoado em que a crença no extraordinário é bastante presente. Entre esse povoado e Madri, a vida de algumas mulheres está enredada e é lentamente desvelada para o espectador: Raimunda (Penélope Cruz) e sua irmã Sole (Lola Dueñas), a mãe delas (Carmen Maura), sua tia Paula (Chus Lampreave), a filha de Raimunda, também Paula (Yohana Cobo) e Agustina (Blanca Portillo).

Achei a atuação do elenco, como um todo, muito boa. A única exceção é quando Penélope Cruz canta exatamente “Volver”, uma canção de Carlos Gardel: sua interpretação não convence, mas nada que comprometa o filme.

O final é surpreendente e faz tudo o que estava confuso ficar claro num piscar de olhos. Não deixe o cinema antes dos letreiros finais: o trabalho gráfico com cores e flores é um deleite para os olhos.

FICHA TÉCNICA
Título Original: Volver
Gênero: Comédia dramática
Tempo de Duração: 121 minutos
Ano de Lançamento (Espanha): 2006
Direção: Pedro Almodóvar
Roteiro: Pedro Almodóvar
Música: Alberto Iglesias
Fotografia: Jose Luis Alcaine
Produção: Esther Garcia


4 Responses to “Volver”

  • Adoro o Almodovar, mas as pessoas que assistiram “Volver”, geralmente não fazem críticas muito entusiasmadas do filme.

  • estou tentada a ver de novo, acho q vou gostar mais da segunda vez!quais são seus filmes prediletos dele?
    bjs! miki

  • “Mulheres à beira de uma ataque de nervos”, “Ata-me”, “Carne Trêmula” e “Tudo sobre minha mãe”.

  • não assisti a nenhum desses! vão pra lista (mais uma, rs)!
    dele, só assisti “A lei do desejo”, com um Antonio Banderas beeem novinho e “Fale com ela”. Ambos muito bons!

    bjs, miki

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *