bolo invertido de banana da tina

bolo invertido de banana da tina

muitos perfumes invadem a minha cozinha agora.

faço um alhinho assado pra comer de entrada antes do jantar, que vai ser tarde. o perfume que exala do alho é algo maravilhoso, quase sublime.

chove gostoso lá fora (adoro a chuva, adoro seu barulho, seu molhado e as possibilidades infinitas da dança dos guardas-chuvas).

o horário de verão acabou.

mas, antes do jantar, fiz um lanchinho da tarde. ou melhor, da quase-noite, rs!

e, pra isso, eu já estava com más intenções pra cima de umas bananas que repousavam, repimpadas de tão maduras na minha fruteira. tipo juntou a fome com a vontade de comer, pois, sem eu mesma ter percebido, um tal de bolo invertido de banana, postado pela querida valentina tinha me fisgado também.

nossa, o que é esse bolo? eu tinha achado que, sim, ele ficaria bom, mas ele conseguiu superar TODAS as minhas expectativas dez vezes! que maravilha de texturas: a massa bananenta, o adocicado aqui e ali das passas bêbadas e o macio-resistente encontro com os pedacinhos do nozes… como gosta de dizer o gumpa: “made in hell“.

tina querida, amei o bolo. já planejo as outras vezes em que farei novamente. uma semana cheia de surpresas agradáveis e sabores deliciosos pra ti, preta!

ingredientes
» 100g de passas brancas (você pode usar as pretas, mas acho que as brancas são especiais. sempre fiz bolos de banana com passas pretas e achei a combinação com passas brancas surpreendente!)
» 50ml de rum (como eu não tinha, usei licor de cacau)
» 4 a 5 colheres (sopa) de glucose de milho (usei karo)
» 50g de margarina em temperatura ambiente
» 50g de açúcar demerara
» 1 ovo
» 1 colher (chá) de essência de baunilha
» 4 a 6 bananas nanicas (1 a 2 mais firmes e as demais bastante maduras: quanto mais maduras, mais saboroso ficará o bolo)
» 175g de farinha de trigo
» 1 1/2 colher (chá) de fermento em pó
» 60g de nozes pecã (como eu não tinha, lancei mão das normais mesmo)

modo de fazer
Deixe as passas de molho na bebida por, pelo menos, 30 minutos.

Unte generosamente uma fôrma de bolo inglês (10,5 x 24cm) e forre o fundo com um pedaço de papel alumínio.

Corte as bananas mais firmes transversalmente em fatias finas e forre o fundo da fôrma. Regue as bananas com a glucose de milho. Reserve.

Junte a farinha coada com o fermento em pó e reserve.

Bata a margarina com o açúcar, junte o ovo, misture bem. Coloque a baunilha e misture. Junte as bananas previamente amassadas e misture mais uma vez. Vá colocando a mistura de farinha aos poucos, mexendo delicadamente. Jogue as passas com o restante da bebida que sobrou no copo. Mexa apenas para agregar. Por último as nozes.

Despeje a massa sobre as bananas reservadas, cuidando para que estas não se mexam muito.

Forno moderado (180ºC) por cerca de 40 minutos. Para saber quando está bom, faça o teste do palito.

sugestão
maravilhoso para um chá da tarde. Perfeito companheiro para o chá (mais do que o café, na minha opinião). Tomei o meu com earl grey aromatizado com limão siciliano.

dica
de jeito nenhum prescinda das nozes, elas dão um toque diferente e muito pessoal ao bolinho. Eu quase não coloquei, mas, sabendo do resultado agora, não dá mais pra abrir mão delas =)! Quero testar com castanhas do pará (minhas favoritas!) de uma próxima vez!

serviço
adaptada do Trem Bom, blog da querida Valentina, a musa inspiradora de muitos de nós!