um cardigã

oi, matias!

acho que estou um pouco menos tímida desta vez… sua mãe me contou que você tem feito muitos progressos e que com certeza você gostaria de brincar comigo lá no studio! sabe, isso me deixou muito, muito feliz! é que como a gente não se conhece direito ainda… eu fiquei assim com medo de que você pudesse não gostar de mim e não quisesse ser meu amigo. talvez eu seja boba em pensar assim, mas é que eu já gosto tanto de você… a cada dia que passa, parece que o meu coração se aquece mais e mais.

você lembra que na ôta carta eu falei que tinha ficado com vontade de tricotar um cardigã pra você? pois então, na mesma semana, eu passei num armarinho que fica no caminho do studio e comprei uns novelos de lã. eu acabei escolhendo o turquesa e o amarelo, mesmo sem ter certeza de que você fosse gostar dessa combinação.

ah, mas é uma aposta, né matias! presentes são assim… a gente olha bem pro amigo, presta atenção no que ele diz, com o que ele sorri, do que gosta, do que não gosta… e depois, junta tudo isso numa caixa e procurar tirar de lá algo que tenha a ver com ele! talvez seja algo de que a gente mesmo não goste, mas, nessa hora, a gente só pensa no amigo e procura o que ele gosta, mesmo que, lá no fundo, a gente ache aquilo meio esquisito.

mas como eu ainda não tive muita oportunidade de conviver com você, eu tive que brincar de adivinhar, matias. então, vamos combinar assim: se não gostar do presente que estou preparando para você, você me fala? eu juro que não vou ficar triste. é só pra eu ir aprendendo com você e pra gente ir se afinando cada vez mais!

mas, então, o cardigã (é que eu tenho essa pequena mania de me desviar de alguma coisa que eu tava falando, sabe, matias? daí que às vezes eu desvio tanto, mas taaanto, que acabo me esquecendo do que era mesmo que eu estava falando… ops). mas, bom, sÿm, o cardigã! o cardigã é todo colorido, matias! a parte da frente é turquesa e a parte de trás é amarela. amarelo assim da cor da gema do ovo, quase-quase laranja! daí que quando eu cheguei no studio e fiquei olhando para aquele par de lãs, logo eu achei que eu queria uma terceira… e naquele mesmo dia, ao voltar para casa, comprei um terceiro novelo, dessa vez, goiaba.

matias, eu fiquei tão tão tão entusiasmada com o nosso projetinho que na mesma noite comecei a tricotar. isso foi há mais ou menos uma semana. de lá para cá, eu já tricotei a parte da frente, a de trás e comecei uma das mangas! bem, parece que eu não estou indo assim tão lerda como eu tinha imaginado né! quem sabe você até consiga usar o cardigã ainda neste ÿnverno <3! mas o melhor eu deixei pro fim: é que é um segredo! você sabe o que é um segredo, matias? é quando tem uma coisa que a gente não conta pra ninguém, mora com a gente lá no fundo de nós e ninguém mais a não ser a gente mesmo sabe da coisa (nem nosso pai, nem nossa mãe, nem nosso amigo invisível... ninguém sabe). então você pode dizer: “mas se é assim, quando você me contar, deixará de ser segredo, não é mesmo?” e você estará certo, matias! mas é que quando a gente tem um amigo verdadeiro, a gente às vezes gosta ou quer ou precisa dividir alguns segredos. talvez para que não fiquemos tão tristes, ou para dividir algo que está muito pesado de carregar sozinho ou ainda talvez seja só uma maneira diferente de dizer para aquele amigo o quanto amamos ele. então, aquilo continua a ser um segredo, só que agora, compartido com alguém especial! bom, o segredo que eu tenho para te contar é que o seu cardigã foi inspirado no cardigã de um outro super amigo meu. ele se chama ennÿo e eu gosto de dizer que ele é meu “atelier-mate”. atelier-mate é tipo um flatmate ou um roommate, só que de ateliê! faz alguns meses que ele chegou para dividir o studio comigo. acho que você gostaria dele também! ele é um super amigo querido muito criativo, alegre, amoroso e féxion! daí que um dia ele apareceu com um cardigã tricolor assim como o seu. quando o turquesa cantarolou na minha mente e logo o amarelo a ele se juntou eu nem me dei conta. mas logo percebi de onde é que tinha saído a inspiração para o seu fofíssimo casaco :). e foi por isso que eu tive que ir buscar a lã goÿaba.

esse fica sendo o nosso primeiro segredinho, combinado?

beijos de pai et de toicinhos-do-céu em você, matias!
te respero,
com amor,
m.

miki-ennio

2 Responses to “um cardigã

  • cardigã do amor <3
    acho que guegué vai morrer nesse cardigã, melhor ele nem ver.
    alegrezas e singelezas para matias todos os dias

  • rssss… conhece bem o afilhado que tem né, luv?
    bom, ver ele já viu, mas como é distraído acho que não se deu conta de nada :)

    todos os dias, menino-amor-carneiro
    m.

Leave a Reply

Your email address will not be published.