cartas de lã

correspondências do menino-carneiro e da menina-ovelha

   Feb 12

depois que você foi embora

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 Comments

  1. Flavinho says:

    já pode chorar?
    ontem acordei com uma tristeza guardada.
    e você parece que advinha.
    talvez seja por sermos gêmeos, você sempre advinha.
    você sempre esta aqui
    e afaga a distância.

    de repente fiquei mudo
    as palavras não são suficientes para expressar o que senti agora.
    lá fora há gritos e foguetes, pessoas torcem por um jogo de futebol.
    aqui dentro há outros fogos – vermelhos, pratas, azuis
    fogos de saudade, carinho, afeto.
    de brilho intenso, fazem pouco barulho
    são abafados pela intensidade da lã
    que preserva o sentimento até a explosão do próximo encontro.
    eu te amo,
    menino-carneiro

  2. meus olhos marejados.
    te amo tanto, menino-carneiro.

    sua irmã, aqui, com uma alegria-triste ou uma tristeza-alegre
    querendo estar com vc.
    aqui, aí ou em qualquer ôto lugar.

    teluv, m.o.

Leave a Reply

Your email address will not be published.