Archives for posts with tag: todas as cartas de amor são ridículas

Uma troca de olhares casual, um sorriso à meia luz, um simples toque…

Dentro de si, uma revolução!

O coração batendo descompassado, o corpo a tremer…
Read the rest of this entry »

mas chega um dia em que tudo se acaba assim de repente… e não era por isso que o sol deixaria de brilhar. E não era por isso que o Mar deixaria de existir. O que era paixão, viu-se transmutado em Amizade. O que eram corpos ardentes, foi transformado em carinho fraterno. E o que eram palavras dúbias viraram palavras sóbrias. E onde antes havia confidências, só restou um entendimento mútuo e singelo. Não sabia mais o que pensar, não sabia mais como agir… Tudo era confuso e palavras eram, infelizmente, nada mais que palavras…
Read the rest of this entry »